ERMELINDAS

A estrada nacional que liga Lisboa ao Norte do país é a explicação que Manuel Alves encontra para o sucesso deste doce, desde que foi criado nos anos 70. Nessa altura, não havendo ainda a autoestrada A1, como há hoje, era necessário atravessar São João da Madeira. E porque não vender bolinhos a quem passasse? Foi a ideia de uma senhora chamada Ermelinda: criou a receita e começou a habituar os viajantes a aproveitarem a passagem pela cidade levando o seu homónimo doce.

Hoje, há menos gente a fazer longas distâncias por aquele caminho, mas Manuel Alves, na agora sua Confeitaria Concha Doce, mantém a produção das ermelindas. Para os habitantes locais, é uma vantagem; para quem conhece e planeia passar por ali, é uma satisfação.

PUBLICIDADE

2018-06-27T21:00:54+00:0018 Junho, 2018|Categories: São João da Madeira|Tags: , |