CASPIADAS

2018-09-19T15:20:27+00:0017 Setembro, 2018|Categories: Cartaxo|Tags: , , |

Em Pontével, concelho do Cartaxo, há um doce curioso feito por uma curiosa associação. O grupo chama-se Os Quarentões e é constituído, como se adivinha, pelas pessoas locais que entram nos 40 anos. Os Quarentões fazem e vendem ao longo do ano um doce, a que dão o nome de caspiadas, para angariarem fundos para [...]

CAPINHA D’ÓBIDOS

2018-09-03T12:51:45+00:003 Setembro, 2018|Categories: Óbidos|Tags: , , |

Anabela Capinha herdou da sua bisavó a receita do bolo baptizado com o seu nome de família, uma receita que terá pelo menos 135 anos. Mantém o negócio e é a cara do estabelecimento, recebendo os clientes sempre com simpatia e boa disposição. A massa da capinha d’Óbidos é trabalhada à mão e leva ovos, [...]

PÃO-PODRE

2017-03-08T04:00:43+00:002 Dezembro, 2016|Categories: Marco de Canaveses|Tags: , , |

Um dos doces tradicionais da Páscoa em Marco de Canaveses é o pão-podre. Tem a forma de rosca e é pincelado com manteiga, para ficar com brilho e mais sabor. Sai do forno com um aspecto muito apetitoso. Veja como a Dona Júlia os faz na Confeitaria Primor. ··· One of the traditional Easter sweets [...]

BISCOITO DE VILA MARIM

2017-04-24T23:47:09+00:001 Julho, 2016|Categories: Mesão Frio|Tags: , |

O Biscoito de Vila Marim, a par do Biscoito da Teixeira, é um dos doces tradicionais mais conhecidos do norte. Tem uma consistência e sabor muito distintivos, de tal modo que fica na memória de quem o prova. Recomendamos vivamente. ··· The Biscoito of Vila Marim is one of the most well-known traditional sweets from [...]

BARQUILHERES

2017-03-08T13:45:52+00:008 Abril, 2016|Categories: Vieira do Minho|Tags: , |

Nia, como gosta de ser chamada, recebeu-nos numa casa tipicamente minhota, com lareira acesa, e foi aí que nos mostrou como é fazer os Barquilheres. Pelo nome que têm, pela forma como são feitos e pelo seu aspecto, os Barquilheres descendem directamente ou estão certamente ligados aos Barquillos feitos em Espanha, na zona de Madrid [...]

ROSCAS

2017-03-08T14:06:15+00:005 Fevereiro, 2016|Categories: Caminha|Tags: , |

As tradições doceiras em Portugal geralmente passam de mãe para filha ou de avó para neta. Em Lanhelas, freguesia de Caminha, já há 3 gerações que a produção das Roscas tem passado de sogra para nora. Otília herdou o negócio da sua sogra, que por sua vez o herdou da sua falecida sogra, e agora [...]