PÃO-DE-LÓ DE OVAR

2020-02-10T18:18:54+00:0010 Fevereiro, 2020|Categories: Ovar|Tags: |

A produção de pão-de-ló em Ovar data pelo menos do séc. XVIII. Talvez não fosse nessa altura igual ao actual doce da localidade, mas a tradição e o seu renome ficaram enraizados por ali. Agora, é um produto com selo IGP – Indicação Geográfica Protegida, permitindo saber que apenas certas casas ovarenses o podem produzir [...]

PAPAS DE MOADO

2020-01-30T15:17:54+00:0030 Janeiro, 2020|Categories: Figueira da Foz|Tags: , |

O dinamismo das pessoas ligadas à associação Grupo de Instrução e Sport (GIS), situada em Buarcos, na Figueira da Foz, mantém muito viva a tradição das papas de moado. Trata-se de um doce com sangue de porco, que se fazia para as principais festas do ano. A associação foi fundada em 31 de Janeiro de [...]

DOCE DE PÃO

2020-01-21T23:57:00+00:0021 Janeiro, 2020|Categories: Vila Nova da Barquinha|Tags: , |

No conhecido restaurante Almourol, na zona de Tancos, concelho de Vila Nova da Barquinha, foi recuperado um doce tradicional da região, que havia desaparecido. José Ferreira, um dos responsáveis pelo estabelecimento, encontrou a receita publicada e foi confirmá-la junto de pessoas locais mais antigas. Com a ajuda da chef de cozinha Manuela Subtil, o doce [...]

MAFARRICOS

2020-01-13T13:03:21+00:006 Janeiro, 2020|Categories: Mafra|Tags: , , |

Nesta quadra festiva, e chegados ao Dia de Reis, vamos conhecer uma especialidade de Mafra, da pastelaria Doce Camélia, que partiu da massa do tradicional bolo-rei. Chama-se mafarrico, aludindo, segundo as gentes locais, à alcunha dos mafrenses, e contém frutos secos em abundância, doce de ovos, chila e algumas frutas cristalizadas. Vende-se todo o ano [...]

MANJOEIREIRO

2020-01-13T13:03:58+00:003 Dezembro, 2019|Categories: Loures|Tags: , |

A magnífica casa Solar dos Pintor, no concelho de Loures, apresenta o manjoeireiro, especialidade docinha que vale a pena conhecer. Tem leite, ovos, açúcar e limão, e coze em banho-maria. Esta casa antiga, com mais de 100 anos, tem vindo a reinventar-se e a apostar na qualidade. No caso dos docinhos, manteve-se o manjoeireiro depois [...]

PASTEL DE FEIJOCA

2019-11-18T17:19:15+00:0018 Novembro, 2019|Categories: Manteigas|Tags: |

Existem muitos pastéis de feijão em Portugal, mas provavelmente só um pastel de feijoca. Foi criado em 2008, por iniciativa da Confraria da Feijoca de Manteigas e com a confecção da pastelaria A Floresta. A feijoca é uma leguminosa, maior do que, por exemplo, um feijão vermelho. Pode ser branca ou preta com manchas roxas. [...]

PAPAS DE CAROLO

2019-10-29T09:26:31+00:0029 Outubro, 2019|Categories: Covilhã|Tags: , , |

Feitas a partir de milho branco ou amarelo, as papas de carolo eram um doce obrigatório nas casas beirãs, em dias de festa. A tradição começa a perder-se um pouco e, por isso, foi com agrado que conheci o bristô-bar Alkimya, na Covilhã, onde os dois jovens responsáveis da casa, Gonçalo Filipe e Higino Teixeira, [...]

MIMOSOS

2019-10-22T19:52:59+01:0022 Outubro, 2019|Categories: Bombarral|Tags: , |

Os mimosos do Bombarral existem pelo menos desde o início do séc. XX. Trata-se de uma receita de família, actualmente nas mãos de Fátima e Ana Paixão, mãe e filha, respectivamente. Fátima consegue recuar na memória e associar a receita à sua tia-avó, de nome Maria da Conceição Jerónimo, mas foi o seu avô, Artur [...]

DOCES COM CHÍCHARO

2019-10-14T21:39:02+01:0014 Outubro, 2019|Categories: Alvaiázere|Tags: |

O chícharo é uma leguminosa particularmente apreciada na região de Alvaiázere. Em Outubro, realiza-se a anual festa gastronómica do chícharo e então é uma patuscada. Em termos de doces, há muito por onde escolher. Mas em qualquer altura do ano encontramos gulodices com chícharo para experimentar. Um bom exemplo é a marca Doce Felicidade, que [...]

MANJAR-BRANCO

2019-10-08T17:02:46+01:008 Outubro, 2019|Categories: Coimbra|Tags: , , |

O manjar-branco típico de Coimbra conta-nos séculos de história, desde a Idade Média, na alta cozinha europeia. Por cá, a receita constava nos livros de cozinha da nobreza e fazia parte, também, do receituário conventual. Os ingredientes têm em comum a cor branca: leite, farinha de arroz, açúcar branco e carne de galinha ou frango. [...]